Sites Grátis no Comunidades.net

Depressão na Adolescência



Total de visitas: 33467
Filosofia Clínica

«Todos os homens são filósofos na medida em que assumem uma ou outra atitude ou posição perante a vida e a morte. Alguns consideram a vida sem valor, porque tem um fim. Esquecem que o argumento contrário pode ser igualmente invocado. Se não houvesse um fim, a vida não teria qualquer valor. Esquecem que é, em parte, o risco permanente de perder a vida que nos ajuda a compreender o seu valor.»

KARL POPPER,
Em Busca de um Mundo Melhor, 1989





A filosofia ajuda a viver melhor porque desperta a interrogação, aprofunda a reflexão, pesquisa motivos ocultos e volta a interpretar factos, ridicularizando justificativas aparentes ou falsas. Esta ciência ajuda-nos a pensar a vida de modo coerente, procurando perceber todos os pontos de vista. Ela pode ser uma ferramenta essencial para considerarmos a vida com optimismo.

Deste modo, a Filosofia Clínica (FC) é um método de tratamento da depressão cada vez mais utilizado, como alternativa aos anti-depressivos que possuem muitos efeitos secundários maléficos.





A Filosofia Clínica é a abordagem filosófica para aliviar as angústias humanas, a exemplo da Filosofia Prática, ou Filosofia do Aconselhamento, que surgiu na Alemanha, no final do século passado. Enquanto que a psicologia procura harmonizar conflitos a partir de uma abordagem através do inconsciente, a FC procura resolver problemas a partir do consciente. Pois a filosofia transformada em “clínica”, através de entrevistas realizadas em consultórios, visa ensinar a pessoa a organizar suas ideias, formular raciocínios através da lógica dos silogismos, e desta forma pensar de forma mais determinada. Na FC não existe o conceito de normalidade, de patologia; não existem concepções a priori como “o homem é um ser social” ou “alguém que busca a felicidade”.

O adolescente com dificuldade de estabelecer raciocínios lógicos (e isto se faz necessário em todos os quadrantes da vida) angustia-se, fecha-se e pode cair em depressão. A base dessa corrente é o trabalho dos chamados “epicuristas”, da Grécia, seguidores de Epicuro. Para este último, a filosofia era, por fim, “a terapia da alma”, daí a sua utilização para aliviar as angústias humanas.





O criador da Filosofia do Aconselhamento foi Gerd Achenbach, da cidade alemã de Colónia, espalhando sua criação pela Europa. A Filosofia Clínica é a actividade filosófica aplicada à terapia do indivíduo. Nesse particular, as teorias filosóficas são empregadas em favor das possibilidades do ser humano enquanto se realiza por si mesmo.

É de salientar que na Filosofia Clínica não há doenças ou patologias, pelo facto de estes casos serem entendidos como diferenças, pois fazem sentido a uma visão de mundo em discordância com os “padrões”. A FC trabalha em cima da lógica (aristotélica, cartesiana e hegeliana). Muitas pessoas sofrem porque não sabem organizar as suas ideias, e por isso não conseguem expor os seus argumentos de forma clara e sobretudo convincente.



Criar um Site Grátis   |   Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net